terça-feira, 24 de novembro de 2015

Partes Mínimas CCXIX

O (des)amor
A solidão
A saudade
O desespero
A angústia
A ambição
Consomem toda a nossa energia
E alegria
E nos inundam de tristezas
Tudo quanto vivermos 
Parece se resumir em dor
Os seres (des)humanos são crueis
Em tudo que fazem
E são ainda piores
Quando são "bons"
Vinte e Quatro de Novembro

Nenhum comentário:

Postar um comentário