sexta-feira, 31 de julho de 2015

Partes Mínimas CII

Não precisa serenar a dor
Nem acenar com amor
Caímos
Em posso raso
O fogo queimou todo o barro
E nos argilou

Trinta e Um de Julho

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Partes Mínimas CI

Seus passos demoram
Devora-me o teu precipício
E o fogo da tua boca
Queima
Consome
Mata a seca
Desse (quase) ser(tão)
Que sou

Trinta de Julho

quarta-feira, 29 de julho de 2015

Partes Mínimas C

Esses chocalhos...
Cobra a espreita
Seu gesto de morte
Veneno escorrendo
Sangue azul
Também se derrama

Vinte Nove de Julho

terça-feira, 28 de julho de 2015

Partes Mínimas XCIX

Os dias sem você
São negros como
As noites sem lua
E céu nublado
Sob brisa espessa e fria

Vinte Oito de Julho

segunda-feira, 27 de julho de 2015

Partes Mínimas XCVIII

Quando penso
Na companhia com a qual
Quero passar o resto da vida
Por mais que eu resista
É o teu jeito maluco que me vem

Vinte Sete de Julho

domingo, 26 de julho de 2015

Partes Mínimas XCVII

Houve um tempo em que a maioria
Estava, de fato, com ‘a razão’?
Há, hoje, ‘razão’ na maioria?
Somos todos diferentes
E, por isso mesmo, iguais?
...É o que dizem...
Então...
Será justo
Um ser sacrificado
Pelo ‘bem’ dos demais?

Vinte Seis de Julho

sábado, 25 de julho de 2015

Partes Mínimas XCVI

Enquanto não fizermos nada
Nada será feito
Não é possível a ninguém
Começar as nossas obras
Menos ainda conclui-las

Vinte Cinco de Julho

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Partes Mínimas XCV

Sangue
Dados de Jornais
Circulando pelas veias
Das notícias

Vinte Quatro de Julho

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Partes Mínimas XCIV

De todas as dores
Você é a única
Da qual eu não quero me livrar

Vinte Três de Julho

quarta-feira, 22 de julho de 2015

terça-feira, 21 de julho de 2015

Partes Mínimas XCII

Estamos em crise de excesso
Não nos faltam paradigmas:
Da verdade
Da razão
Do belo
Do eterno
Da religião
Do ser ou não ser
Do eis a questão

Vinte e um de Julho

segunda-feira, 20 de julho de 2015

domingo, 19 de julho de 2015

sábado, 18 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXXIX

Há tanto desejo
Não basta desse vício
É essa a sorte, a face
A vergonha, se houvesse
Da que sofre
E possui em si
Um ser ausente...

Dezoito de Julho

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXXVIII

O teu silêncio
É um poema horrendo
Não crê ou teme a turbulência 
Da tua própria voz?

Dezessete de Julho

quinta-feira, 16 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXXVII

Não quero mais pensar
Nos problemas
Até encontrar soluções
Que os dissolvam!

Dezesseis de Julho

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXXVI

Já estive certa 
De que 
se tocasse
Não poderia mais viver
Sem...

Quinze de Julho

terça-feira, 14 de julho de 2015

segunda-feira, 13 de julho de 2015

domingo, 12 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXXIII

Os homens não prestam
As mulheres também não
Estes mundos estão perdidos
Entre gêneros em-si-mesmados...



Doze de Julho

sábado, 11 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXXII

Não há nada mais ridículo
Do que alguém dizer
Que respeita uma pessoa
Quando não a está respeitando
Essa frase parece ter sido
Comprada no mesmo miserável boteco
Saia de que boca sair

Onze de Julho

sexta-feira, 10 de julho de 2015

quinta-feira, 9 de julho de 2015

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXIX

Adverso sobre tudo
Não por ser contra
Mas pelo desejo
De poder ser a favor

Oito de Julho

terça-feira, 7 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXVIII

Para as questões sem respostas
Perguntas
Para as respostas
Dúvidas
Palavras
Silêncios

Sete de Julho

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXVII

Não quero mais ser púrpura
Cor triste e indecisa
Nem azul
Nem vermelho
Ser só luz
Sem pigmento
Um lá e cá
Sem fim
Reticências
Tem limites

Seis de Julho

domingo, 5 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXVI

Mãos que solapam o calor
Sem o retribuir
Ou o direito alheio
Deveriam ser cortadas

Cinco de Julho

sexta-feira, 3 de julho de 2015

Partes Mínimas LXXIV

Trocamos a qualidade
Pela quantidade
O mercado nos controla
Liberais enfim...

Três de Julho

quinta-feira, 2 de julho de 2015

quarta-feira, 1 de julho de 2015