sábado, 28 de maio de 2016

Partes Mínimas CCXXXV

A fuligem que cai sobre meu telhado
Que suja meu quintal
Lembra-me
Permanentemente
Que já não há incêndio em mim
Vinte e Oito de Maio de 2016

domingo, 1 de maio de 2016

Partes Mínimas CCXXXIV

Meu corpo despertou hoje
Pressionado pelo teu 
Sobre a cama
Num (quase) céu
Envolvido pelo aroma suave 
Do teu outono invernal
Habitado por tua pele fria
Que o aqueceu
Despido... Trêmulo... 
Queimando entregue
Desiludiu-se quando
Indesejado 
O dia
Com tua ausência 
Esmaeceu
Primeiro de maio de 2016